Janeiro Branco mobilizou Secretarias de Saúde da região

Jeferson Radin teve o projeto aprovado em setembro de 2017.

O mês de janeiro é conhecido pela introspecção e reflexão, já que é o primeiro mês do ano. Pensando nisso, foi instituído o Janeiro Branco, campanha de reflexão, debate e planejamento de ações em prol da saúde mental dos indivíduos. Através da mobilização, saúde emocional, psicoeducação e educação emocional são outros temas debatidos. A campanha iniciou em 2014 na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, e trouxe resultados positivos de conscientização.

O vereador Jeferson Radin, de Casca, foi o autor do Projeto de Lei, aprovado em 2017, que trouxe a campanha Janeiro Branco como obrigatória para o município. “O projeto foi ideia de um Deputado Estadual, que conversou comigo sobre ele. Através disso, coloquei em pauta e fiz o Projeto de Lei, que foi aprovado por unanimidade”. Radin comenta que, somente em Casca, os remédios de tratamento para depressão e doenças mentais são os terceiros mais procurados: “o trabalho do Janeiro Branco é de prevenção. Prevenindo agora, no futuro doenças como estas podem diminuir e reduzir os gastos do Poder Público com estes medicamentos”. Em Casca, foram ministradas palestras de conscientização oferecidas a comunidade.

O município de Paraí contou com oficinas durante todo o mês de janeiro, em alusão ao Janeiro Branco. Oficinas de dança, pilates e palestras sobre os assuntos tratados foram desenvolvidas durante o mês. A Unidade Básica de Saúde do município, através da Coordenadora de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, Augusta Mognon, trouxe mais informações sobre o assunto.

Compartilhar

Faça o primeiro comentário a "Janeiro Branco mobilizou Secretarias de Saúde da região"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*