Incentivar a leitura nas crianças é fundamental para levar o interesse para a vida adulta

O jovem João Vitor se inspira no gosto do pai pela leitura.
Em meio a tantos videogames, smartphones e computadores, encontrar crianças e
jovens que gostam de ler está cada vez mais difícil. Estima-se que o brasileiro lê em
média menos de cinco livros por ano.
O jovem casquense João Vitor Tramontina Molossi, de 13 anos, se destaca pelo gosto
pelos livros. Em entrevista a nossa reportagem, ele conta que desde muito pequeno a
mãe Vanderleia lia para ele. “Minha mãe gostava muito de ler para mim, e eu sempre
apreciava muito isso, a partir daí comecei a me interessar muito pela leitura”, destaca
João Vitor.
E o incentivo dos pais é fundamental para que o gosto seja levado a vida adulta. De
acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil 33% dos jovens de 11 a 13 anos
leem por incentivo dos pais. “Eles me influenciam muito pela leitura, mais o meu pai,
ele gosta muito de ler também”, comenta João.
Entre os livros favoritos de João, não estão leituras adolescentes. “O Bestiário, A
Cabana, o Voo da Vespa, o Lar das Crianças peculiares. Eles falam muito sobre a
segunda Guerra Mundial, sobre ficções científicas, e eu gosto muito disso”, ressalta. E
os livros de ficção são os que os jovens mais gostam de ler.
João finaliza a nossa conversa dizendo que a leitura torna as pessoas mais inteligentes.
“Meus pais dizem que, uma leitura sempre será atualizada, nova, nunca devemos parar
de ler”
O mais importante, é que é preciso ensinar as nossas crianças sobre a importância da
leitura e incentivá-las a ler.

Compartilhar

Faça o primeiro comentário a "Incentivar a leitura nas crianças é fundamental para levar o interesse para a vida adulta"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*